As conversas preliminares que tiveram início esta semana entre o PP e o PSD vão muito além de uma parceria em torno da reeleição de Cesar Júnior, que quer os progressistas ao seu lado. Trata-se de um projeto político mais amplo que alcança as eleições para o governo do Estado e que ficaram claro no encontro esta semana do deputado Gelson Merísio com a ex-prefeita Angela Amin. Além disso, a data de 1º de março, fixada pelo prefeito para que o PP defina oficialmente a parceria, bateu na trave. Como expressou a ex-prefeita é o mesmo que fechar as portas, pois a legislação eleitoral está impondo outro ritmo, que passa nesse momento pelas mudanças de siglas se transformando num período fértil de diálogo e avaliações. Inclusive, o deputado João Amin, presidente do PP municipal, também expressou que as datas que o PP seguirá serão as que foram determinadas pela legislação eleitoral, pois fixar um prazo fora disso é não querer conversar. Pois é, pelo visto o prefeito Cesar Júnior terá que esperar, quem sabe, até o dia 11 de abril, quando será divulgado pelo PP, depois de todas as reuniões e debates pela cidade, o Projeto Florianópolis 2020, que poderá servir de programa de governo. Mas de quem? Pode ser de Angela Amin ou de repente se somar ao projeto de reeleição de Cesar Júnior. Uma coisa é certa, terá o PMDB de adversário.