Com certeza o deputado Décio Lima está festejando a decisão do Supremo Tribunal Federal, que por unanimidade decidiu absolver o parlamentar do PT que se defendia das acusações movidas pelo Ministério Público de Santa Catarina por uso de recursos indevidos da Fundação Hospitalar de Blumenau, Hospital Santo Antônio, quando prefeito de Blumenau. Para o ministro Celso de Mello “nenhuma acusação se presume provada”. Ou seja, segundo o advogado Thiago Brugger da Souza o “reconhecimento da absolvição do deputado se deve pela inexistência de provas, até porque o fato simplesmente não ocorreu.” “Sempre confiei na justiça, essa notícia sem dúvida me causa emoção por saber que enfim a verdade prevaleceu e se materializou pela expressão da Suprema Corte brasileira,” expressou Décio Lima.