Enquanto a Polícia Militar promete mais policiamento no Cacupé, em Florianópolis a fim de evitar assaltos, em Jurerê Internacional, apesar de todo o sistema próprio de segurança casas são visitadas com certa frequência por marginais, que levam tudo e mais um pouco. As imobiliárias estão tendo trabalho, pois vendem segurança e tranquilidade, mas pelo visto não é bem assim. Embora alguns segmentos da região tentam esconder os fatos. A “turma” está atrevida e perigosa.