O grande problema é a morosidade. Cai no judiciário e começa a ser empurrando para o esquecimento. A senadora Ideli Salvatti está apresentando um projeto que tem exatamente a função de agilizar o trâmite dos processos que tratam de crimes de responsabilidade de agentes públicos. Ou seja, corrupção não terá mais tantos atalhos para beneficiar o acusado. O presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Rodrigo Collaço garantiu apoio ao projeto, mesmo porque já vem expressando a necessidade de agilização dos casos que tratam de corrupção. -Já está na Comissão de Justiça onde a senadora solicitou ao senador ACM, que ontem passou mal, a indicação o mais rápido possível do relator.