A deleção premiada do ex-presidente do PP, Pedro Corrêa, condenado a 20 anos de prisão na operação Lava Jato no momento atinge FHC e Sarney e revela que a podridão não tem limites e nem fronteiras de siglas. Mas essa deleção também está tirando o sono de lideranças locais. Poderá provocar estragos mesmo só na insinuação.