O secretário Ivo Carminatti declarou que não tem nada contra revisar decisões tomadas pelo governo, ou seja, passou a ser um dos defensores da criação de um Jardim Botânico em Florianópolis, colocando em plano secundário a venda de uma área pertencente a Epagri.