Muitas vezes o poder acaba envolvendo e provocando erros irreversíveis. O fato do PT disputar contra Cunha a presidência da Câmara foi um erro. E a burrice, que é persistir no erro, foi tentar derruba-lo. Ele mesmo “baleado” cumpriu com sua profecia…”antes de eu cair derrubo a presidente.”