Chega a praticamente 40% o envolvimento de caminhoneiros com drogas. Um estudo divulgado pelo Movimento Nacional de Educação no Trânsito revelou também, com base em testes de queratina, que é a retirada de fios de cabelo para exames, que a cocaína é a droga mais utilizada pelos profissionais. Aparece nos testes em 73% dos casos que deram positivo. Imagina o perigo que todos corremos nas rodovias do país…