Pelo menos José Antonio Toffoli da Advocacia-Geral da União informou aos agricultores do Meio-Oeste catarinense, que enfrentam o risco de desapropriação para remanescentes de antigos quilombos, que o Incra será convocado para prestar esclarecimentos sobre os processos, que estão sendo contestados.