Mais um calote do governo Dilma. O presidente da Câmara Brasileira do Livro, Luís Antonio Torelli, em oficio expôs ao presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação manifestando preocupação e indignação com a falta de pagamento do Fundo aos livros adquiridos no âmbito do Programa Nacional Biblioteca da Escola,Temático 2015. A consequência disso é o impactado nas editoras participantes do programa, que vem apresentando dificuldades para pagar fornecedores, impressão e insumos referentes à produção dos livros. Bancaram todos os custos e não receberam do governo.