“Um agricultor começa a trabalhar na roça ainda criança, encara sol e chuva durante 50, até 60 anos, e muitas vezes precisa recorrer à Justiça para ter direito a uma aposentadoria de um salário mínimo, hoje de R$ 380. O ex-governador Eduardo Pinho Moreira, elevado ao cargo pela confiança do povo, trabalhou oito meses e ganhou o direito de receber mais de R$ 22 mil/mês pelo resto da vida. Isso é um assalto contra qualquer pessoa de bem”, declarou o deputado Padre Pedro Baldissera que conseguiu uma liminar na Justiça impedindo o pagamento.