Por mais que o ministro Gilmar Mendes do STF expresse opiniões sintonizadas com a indignação popular e com a realidade de desvios de responsabilidade, ele é um magistrado que julga, suas declarações públicas acabam se transformando em sentenças antecipadas. De repente vai se tornar impedido.