Olha só o alcance da Medida Provisória assinada pela ainda presidente Dilma Rousseff. Ela não “beneficia” apenas as empreiteiras e empresas envolvidas em falcatruas e desvios de dinheiro público com o acordo de leniência, impacta diretamente também na Lei de Improbidade Administrativa. Aquela que envolve agentes públicos desonestos e administradores de causas próprias. Segundo o advogado Rafael Maffini era proibida qualquer transação, acordo ou conciliação nas ações de improbidade administrativa. Mudou beneficiando processos em curso permitindo que seja firmado acordo de leniência mesmo em ações de improbidade que não digam respeito á Lei Anticorrupção. Alerta do advogado Maffi. Ou seja, a MP 703 mostra bem a cara governo.