Do outro lado do balcão o PT nos dias de hoje fica silencioso diante de manifestações sindicais e salariais. Não todos. O deputado sargento Soares pediu da tribuna, esta semana, apoio dos parlamentares para as reivindicações de servidores em protesto com a política salarial do governo federal. Muitos petistas fizeram ouvidos de mercador, Pedro Uczai se somou ao pedetista.