Está se transformando numa tradição o almoço oferecido pelo tucano Marcos Vieira nesta época do ano. O de ontem foi o quarto e considerado o mais representativo evidenciando o pluripartidarismo. Tinha de tudo um pouco, inclusive, o PT. Enquanto o anfitrião pilotava a cozinha, com o secretário Antonio Gavazzoni se oferecendo para ajudar, o governador Raimundo Colombo dividia conversas sendo monopolizado, por algum tempo, pelo senador Paulo Bauer, que pelo visto tinha muito assunto para tratar.