Deveriam perguntar para Nestor Cerveró quem não recebeu propina da Petrobrás. De repente a lista é bem menor. A cada revelação aparecem mais envolvidos e de todas as “facções.”