“Podem agourar à vontade que a obra vai sair”, afirmou o prefeito Cesar Júnior referindo-se ao elevado do Rio Tavares. Para Júnior são ataques em ambiente pré-eleitoral.