Esta semana a violência contra a mulher voltou a pauta de discussão. Quando se fala sobre isso estamos tratando de uma violência muitas vezes que vem do berço. Meninos e meninas crescem testemunhando o autoritarismo do pai com agressão verbal e com ela a agressão física. E esse sentimento caba se perpetuando no adulto. Ao verem a mãe subjugada criam no inconsciente uma quadro de humilhação, que passa a fazer parte do resto da vida. É grave. Não se trata apenas de punir o agressor com penas severas, mas de um imenso desafio.