Ainda não foi aprovado, mas tem tudo para ser, até porque a volta dos bingos, cassinos, jogo do bicho e caça-níqueis vai representar uma arrecadação prevista de R$ 20 bilhões anuais aos cofres públicos. Com certeza esse governo não vai deixar passar essa oportunidade. E o deputado Rogério Peninha Mendonça já se manifestou favorável a legação dos jogos de azar em defesa dos recursos arrecadados e do emprego. “Mesmo com a proibição, milhares de pessoas continuam jogando. Ou fingimos que isso simplesmente não existe, ou encaramos a situação, regularizamos e passamos a arrecadar tributos….” E Peninha está propondo que 2% do que for arrecadado sejam destinados a APAE.