Da pra perceber que o presidente interino Michel Temer está bem sintonizado quando se trata de economia. O convite a Manoel Zaroni, que está deixando a Tractebel, para presidir a Eletrobrás, revela sua sintonia com indicações certamente  de efeito positivo para o país. Apesar das dificuldades financeira s Zaroni  aposta na recuperação da estatal e acredita na sua eficiência. Mas para assumir exigiu a indicação de integrantes de sua equipe. Ou seja, nada de nomeações em postos chave atendendo apelos político partidários. Um CEO competente e de uma história de sucesso sabe que para avançar em determinados setores o efeito técnico supera é muito o político.