Depois de anunciar a contratação dos 1.294 concursados da Polícia Civil e Militar para março e novembro, o governador confirmou que será em chamada única no dia 1 de junho. Foi para ponta do lápis e constatou que unificar a convocação seria mais econômico e permitiria a Secretaria de Segurança uma melhor gestão operacional. O incremento na folha será de R$ 8 milhões por mês.