A participação da procuradora catarinense será focada nos municípios, o que também chamou a atenção. Ocorre que esses entes federados não estão recebendo a atenção devida nesse processo. Não há um grande interesse nas discussões em torno dos municípios, que segundo a procurador Cleide, deveriam ser os principais protagonistas, pois é nesse universo que as questões mais acontecem. .