Na interpretação do vereador Gean Loureiro houve uma falta de respeito com o Conselho de Ética da Câmara ao se referir as ausências dos empresários que prestariam ontem esclarecimentos. Não aprovou a forma como sócio do shopping Iguatemi, Paulo Cezar Maciel, se esquivou da sessão. Tanto ele como a vereadora Angela Albino destacaram que o empresário ao deixar de se defender permitiu que se acreditasse na verdade das informações, que contesta, expostas na imprensa. Não se defendeu diante da cidade.