Adversários do governo estranharam o silêncio do deputado Edson Piriquito, que não se manifestou contrário a possibilidade do prefeito de Brusque disputar a eleição em Balneário Camboriú respaldado pelo Centro Administrativo. -Compararam com a ?gritaria? dos governistas Nilson Gonçalves e Darci de Matos quando souberam da manobra de lançar o secretário Mauro Mariani à sucessão de Marco Tebaldi em Joinville.