Não existe, até esse momento, uma maneira mais prática do que pagar a conta com cartão de crédito. Dá a sensação que a gente sempre tem dinheiro. Até chegar a fatura. A taxa do cartão de crédito passou agora em janeiro, logo agora que chegam os gastos das férias, para 14,56% ao mês, o que significa 410% ao ano., pra quem parcela. O cheque especial não ficou para trás e tornou-se a segunda linha de crédito mais cara para pessoas físicas. Princípio básico, não gastar mais do que se tem, caso contrário irá cair nessa malha de juros sem volta.