Pois é, o “futuro” presidente, Michel Temer, já se antecipou manifestando preocupação sobre a decisão do STF em relação a dívida dos estados. Esta semana deverá ser votada a ação de Santa Catarina e outro estados derrubando o decreto do governo de cobrança de juro sobre juro. Temer considera que poderá ocorrer um rompo nos cofres da União e já promoveu conversas com os ministros do STF, que apoiam quase que integralmente uma saída negociada. De repente não terá julgamento esta semana, permitindo desta forma uma negociação entre Estados e União. O governador Colombo está em Brasília desde ontem.