Relembrando alguns fatos desde que assumiu o governo a presidente Dilma demitiu seis ministros por corrupção. Nascia ali uma presidente sintonizada com as indignações vindas das ruas. Revelou até uma certa disposição de afastar-se de tudo aquilo, que ainda não era do conhecimento visível dos brasileiros, que a operação Lava Jato começou a revelar. Mas logo em seguida dependendo do Congresso, que parou de aprovar projetos de caráter fundamental para o Planalto, a presidente cedeu e se entregou, ficando isolada e enfraquecida. Mais uma vez o Congresso com o PMDB passou a comandar as rédeas do país. Ou seja, não dá para atirar pedras apenas no PT. O PMDB tem sua imensa parcela de participação nos estragos do Brasil.