Interessante. De repente baixou o “espírito” de Leonel Brizola, sempre voltado à educação, no deputado Leonel Pavan que começou sua carreira política nas fileiras brizolistas, ao apresentar um projeto responsabilizando os clubes oficiais de futebol do Estado pela educação dos atletas menores de 18 anos a eles vinculados. Serão obrigados a garantir a matrícula, a frequência às aulas, além de acompanhar e exigir o satisfatório aproveitamento escolar dos jovens. Já passou na Comissão de Constituição e Justiça. O argumento do tucano é de que se trata de uma forma de proteção ao futuro dos jovens atletas.