Lembram quando os prefeitos anunciaram com pompas e circunstâncias a redução de salários envolvendo também os secretários, tudo por conta do combate a crise? Pois então, isso foi por meio de Decreto, que perdeu a validade no final do ano. Sendo assim os salários voltaram aos valores de antes, ou seja, sem redução. Fizeram um novo decreto?