A confirmação por parte do secretário Ivo Carminatti que dos R$ 210 milhões da conta-salário do Besc, R$ 50 milhões serão investidos em Segurança Pública, atiçou a categoria que ficou atenta ao reajuste que pediu mês passado e não levou.