A votação domingo do impeachment vai começar pelo Sul. A razão é simples, outra determinação do presidente da Câmara Eduardo Cunha. No Sul e Sudeste a maioria é favorável ao afastamento da presidente, o que influenciaria, de repente, nos votos indecisos. Começar pelo Norte, Nordeste seria o contrário. Por isso essa determinação.