De repente no Judiciário é que o brasileiro está encontrando representantes ideais para comandar o país. Isso é um fato. Pouco tempo atrás Joaquim Barbosa representava esses brasileiros indignados, Hoje é Sergio Moro. Não se trata de personalismo, mas de uma instituição que está proporcionando uma espécie e limpeza, com base nas leis,na podridão construída nos poderes Executivo e Legislativo, onde infelizmente são raras as exceções.