Completou ontem um ano da retirada dos pardais e lombadas eletrônicas das ruas de Palhoça. O prefeito Camilo Martins optou pelas faixas elevadas. Hoje são 18 e serão instaladas mais 10. Neste período não foi registrado nenhum acidente grave, o que ficou constatado, segundo Martins, que o efeito dos radares eletrônicos era arrecadatório e não segurança. O prefeito garantiu que radar em Palhoça não volta mais. Os únicos existentes são nas marginais da BR 101, de responsabilidade do governo federal.