A culpa foi de uma chuva mais intensa de Verão. Parte das alimentadoras que atende o Norte da Ilha deixou mais de 35 mil unidades sem energia por horas. Exatamente numa das regiões mais assediadas pelos turistas. Demonstrou que tudo que foi dito pela Celesc ficou as escuras. Inclusive o presidente da empresa reuniu dia 11 de dezembro todo o traede turístico para destacar que foram feitos investimentos e que a temporada, que teria um número elevado de turistas, e esta tendo, estava garantida. Não foi o que aconteceu. Mais uma vez as promessas tropeçar na realidade e mais uma vez o descrédito foi estabelecido. Depois de tudo o que foi, efusivamente, divulgado, não passou de desrespeito com a população e omissão da verdade. Vergonhoso.