O governo, segundo o secretário Antônio Gavazzoni, tinha convicção de que a dívida com a União tinha sido quitada. E a vitória parcial obtida ontem no STF coloca Santa Catarina como protagonista nacional, pois ajuda a todos os Estados que sofrem com uma cobrança descabida que é de juro sobre juro. Será recalculada a dívida para ver se ainda há algo a pagar para a União, mas segundo Gavazzoni a princípio Santa Catarina não deve mais nada. Mas ainda há um caminho a percorrer até alcançar o mérito, reconhecendo que a decisão de ontem do STF foi fundamental e importante para o Estado. Uma vitória digna do governo Colombo e de sua equipe.