A OAB encaminhando pedido de impeachment da presidente Dilma, que acabou provocando tumulto e baixaria na Câmara em Brasília, certamente coloca em plano secundário o discurso dos governistas de “golpe.”