Desembarcou no Senado esta semana uma proposta assinada pelo senador peemedebista Valdir Raupp para que sejam convocadas eleições gerais agora em outubro, junto com a de prefeito e vereadores. A primeira interpretação é de que o PMDB já sinaliza com a possiblidade de não haver impeachment, por isso sugere eleições gerais, o que não é bem assim. Isso sim seria um golpe. Mas no contexto de uma espécie de pacificação das ruas ou inclusive de impulsionar o país que se mostra inerte e em declínio econômico não seria nada mal uma “reoxigenação”. Mas o problema é que as alternativas são de assustar, além de que esse não é o caminho correto a a seguir.