Pois é, o governo do estado em nota oficial confirmou que André Agostini Moreno, localizado pela operação lavajato ocupa cargo em comissão de consultor na Secretaria da Casa Civil. Mas ele estava atuando no Deinfra, organismo responsável por obras de infraestrutura. Ou seja, que trata diretamente com empreiteiras. A nota explicita que o governo desconhece qualquer relação do servidor com a Odebrecht.