O vereador Guilherme Grillo afirmou que ?respeita a decisão judicial, mas estranha.? Evidenciou que no processo que correu sob segredo de Justiça não teve testemunhas contra ele e que o Ministério Público, que apresentou a denúncia pediu por sua absolvição. Espera reverter no Tribunal de Justiça. ?Que notícia, logo esta semana que faço aniversário,? reagiu o vereador.