São iniciativas como esta que proporcionam uma oportunidade real de reduzir acidentes e humanizar o trânsito. É fato que muitos motociclistas colocam a vida em risco sem observar muitas vezes as leis. Hoje no Estado são 480 mil motos registradas no Detran. Segundo o parlamentar do DEM nos três primeiros meses deste ano já morreram 36 motociclistas somente em rodovias federais do Estado. No ano passado foram 98 mortes. Tem procedência esta preocupação.