Apesar de Santa Catarina, segundo os dados do IBGE, ser um dos estados com maior PIB e renda per capita é o único do Sul do país que não possui um salário mínimo regional baseado na Lei aprovada no segundo mandato do presidente FHC. Como expressa o contabilista Alexandre Louzada falta apenas vontade política e mobilização social porque condições econômicas e legais existem para estabelecer um salário mínimo regional como no Paraná e no Rio Grande do Sul.