Está mais do que definido que em breve será reajustada a tarifa do transporte coletivo em Florianópolis, já aprovado pelo Conselho. Os empresários, indiretamente, pressionaram a prefeitura. Cortaram as negociações, provocaram uma greve e acertaram um aumento, claro, que relacionado à tarifa desafogando, desta forma, o caixa das empresas. Vai a R$ 1,90 senão mais. -O pior é que o prefeito Dário Berger, para manter o discurso, represou a tarifa, mas em compensação a qualidade do transporte despencou. No verão, por exemplo, não havia ar condicionado.