“O governo não poderia considerar “aquilo” como uma ciclofaixa…” Ouvi esse comentário espontâneo de um turista, que vive no México, ao se deparar com a ciclofaixa na SC 401 onde o jornalista Roger Bittencourt foi alcançado por um motorista inconsequente, e acabou morto. A observação feita é de que não se trata de uma ciclofaixa com segurança e muito menos adequada, é na verdade um convite à morte. Deveria ser eliminada, embora o ideal seria colocá-la em operação com todas as garantias exigidas. Mas por aqui tudo é na base do improviso, até acontecer uma tragédia…