Definitivamente Conselho de Ética não é o forte no Parlamento. Eles se atrapalham, ficam sem entender exatamente o significa essa tal de “ética.” É só observar o que acontece na Câmara, que até agora não conseguiu julgar a falta ou não de decoro do deputado Eduardo Cunha. E no Senado a vergonha estará estabelecida em breve com o julgamento do senador Delcidio do Amaral.