Durante coletiva à imprensa Marcílio Ávila lançou-se candidato a prefeito de Florianópolis para arrumar a ?bagunça? que permite desvios e corrupção. Costumava repetir que a máquina está emperrada. ?Agora sou mais candidato do que nunca.? Neste momento uma candidatura não é o mais apropriado, e sim uma defesa convincente e uma demonstração efetiva de combater as mazelas públicas.