O Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público de Contas em nota voltaram a rebater a aprovação do projeto de lei pelos deputados estaduais, que altera as competências e o funcionamento do Tribunal. O que foi enviado pelo TCE visa, segundo argumentos da nota oficial, alterar atribuição do vice-presidente e a denominação do cargo de Auditor. Uma emenda substitutiva, critica o TCE, abandonou o teor do projeto original, e promoveu diversas modificações na estrutura de funcionamento do Tribunal e do Ministério Público junto ao TCE/SC. “Uma aprovação em um só dia, a revelia do Tribunal.”