De um lado dados positivos e elogiáveis transformando Florianópolis numa das capitais do país como melhor IDH, mas do outro, problemas vergonhosos e preocupantes no que se refere a acidentes de trabalho. A Rede de Atenção de Saúde de Florianópolis, em 2015, notificou 473 agravos relacionados ao trabalho. Uma equipe técnica identifica ambientes de trabalho inseguros e que provocam doenças e busca parcerias para intervir em mudanças nos processos produtivos. Uma forma de prevenção evitando novos casos de acidentes do trabalho, que infelizmente ainda são elevados.