Muitos vereadores ficaram indignados com as manifestações da suplente Maria da Graça Dutra que saiu da Câmara atirando. O fato de ter dito que “vereador deve ter coerência, dignidade e não preço,” produziu manifestações de desagravo. E um dos vereadores fez uma indagação: “Qual foi o preço dela quando fez indicações para o prefeito de cargos na administração municipal?”