A mais ostensiva nos ataques pela decisão do então governador Amin de não vacinar o rebanho catarinense contra a febre aftosa foi a deputada Luci Choinacki. Bateu pesado. Imagina se Amin cedesse….não teria certificado hoje. Atualmente parece que estão juntos, PP e PT.