?Pela mesma porta que entrei estou saindo,? adiantou-se o vereador Guilherme Grillo nada satisfeito com a experiência legislativa. Vai abandonar o barco, mas não revelou quem poderá apoiar sendo um dos mais votados em 2004. Fez mais de seis mil votos. Atualmente amarga uma condenação judicial que espera reverter no TJ.